Por que é tão difícil manter o foco e a produtividade?

E aí, você é dessas pessoas que quando precisa se concentrar faz como o Cérebro :point_up_2: ou basta respirar fundo e tocar ficha na atividade?

Atualmente todos nós queremos mais tempo, para fazer mais coisas, então nos tornamos multitarefas, pessoas que raramente fazem uma coisa de cada vez. Assim o dia rende mais, certo? Errado!

Esse comportamento tende a nos deixar exaustos ao longo do dia, pois nosso cérebro gasta mais energia que o necessário, além de consumir uma quantidade imensa de hormônios da felicidade.

Um estudo de Havard afirma que 47% do tempo estamos em estado de semidistração, funciona assim:
Você esta lendo um texto para o trabalho da faculdade, mas em 1 hora de leitura você checa seu app de mensagens cinco vezes. Enquanto isso, o seu cérebro tenta criar um corrente elétrica focado na atividade de leitura e a cada distração para o app de mensagem ele interrompe essa corrente e começa tudo de novo. Ou seja, aquela atenção plena que você precisava para terminar sua atividade em 30 ou 40 minutos não existe.

O pior é que nosso cérebro se acostuma com esse comportamento e fica constantemente preso no fenômeno da atenção residual, que é quando o cérebro fica processando a atividade anterior em segundo plano.

Aí você pode me dizer que quando tenta focar em uma única atividade te bate um tédio horrível, te digo que entendo e mais, que seu cérebro precisa ser treinado, e que isso levará um pouco de tempo, mas com pequenas ações é possível curtir os prazeres que só a atenção plena irá te proporcionar :heartpulse:

Segundo Bill Gates e Jeff Bezos a Lei das Primeiras Coisas podem revolucionar o seu dia. A regra é começar o dia com algo que te dê prazer, pois isso vai manter seu bom humor, sua disposição e produtividade ao longo de todo o dia. Com a dopamina em dia será mais fácil construir novos hábitos e manter sua mente focada e produtiva.

5 Curtidas